A ACIPG acata e entende como positivo a extensão dos horários do comércio local, acreditando que toda liberdade concedida ao empresário deve ser vista com bons olhos e benéfica para o desenvolvimento da cidade.

No entanto, a Associação Comercial entende ser necessário explicar que cabe a cada comerciante decidir sobre a abertura de seus estabelecimentos em horários alternativos. Fica a cada lojista definir se estende ou não o seu horário de funcionamento, e as formas que estas mudanças serão feitas também são de responsabilidade de cada empresário.

É essencial também que seja assegurada toda a segurança necessária para que os lojistas possam operar em horários alternativos, sem qualquer tipo de risco para seus estabelecimentos e funcionários.

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) ainda alerta para a necessidade de se obedecer ao decreto estadual 6294/2020 emitido pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, que impõe algumas medidas restritivas sobre horários e funcionamento que os lojistas devem estar atentos em cumpri-los, uma vez que o mesmo decreto ainda se mantém vigente, independente das recentes medidas adotas pela Prefeitura de Ponta Grossa.

A ACIPG ainda se coloca à disposição dos associados para esclarecer e orientar sobre eventuais dúvidas.

Da assessoria.