Na noite desta quarta-feira (05), durante patrulhamento no contexto do bloqueio do Rio Paraná, equipe do NEPOM da PF percebeu movimentação suspeita de embarcações navegando em alta velocidade saindo do Paraguai e iniciou acompanhamento tático embarcado através de Integração Multimodal (Terrestre, Fluvial e Aéreo) com o GOA/PCPR, sendo que após alguns quilômetros de navegação foram acionadas equipes integradas da BASE CARONTE com guarnições do BPFRON/PMPR, TIGRE/PCPR, Exército Brasileiro (Pelopes) e Marinha do Brasil para compor os trabalhos de acompanhamento e buscas das embarcações foragidas, propiciando a apreensão de duas embarcações rápidas carregadas com 1.122,50 kg (1 tonelada, centro e vinte e dois quilos) de maconha.

Ao perceberem aproximação da aeronave policial, foi possível perceber os criminosos tripulando os barcos clandestinos os quais, em alta velocidade, jogaram suas embarcações contra a mata ciliar fechada do parque nacional da ilha grande para tentar esconder e camuflar embarcação e ilícito – parte da droga estava depositada em ambiente de mata e foi localizada mediante buscas.

Todo o ilícito foi apresentado na Delegacia de Polícia Federal em Guaíra para as providências habituais de apreensão.

A quantidade expressiva de maconha apreendida demonstra a magnitude das operações do tráfico de drogas na região. A ação conjunta entre as forças reforça o compromisso das instituições em combater o crime organizado e desmantelar as redes de tráfico de entorpecentes.

da PMPR